CGPNI / SVS – Suspensão Temporária da Vacinação de Gestantes e Puérperas – COVID-19

Em atendimento a orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o Programa Nacional de Imunizações interrompe temporariamente a vacinação de gestantes e puérperas com as vacinas COVID-19 AstraZeneca/Oxford.
Adicionalmente orienta-se a interrupção temporária da vacinação de gestantes e puérperas sem comorbidades
A vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades deverá prosseguir com as demais vacinas COVID-19 em uso no país visto que o perfil risco/benefício da vacinação neste grupo é altamente favorável (Sinovac/Butantan e Pfizer). Para vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades, a mulher deverá comprovar a condição de risco (comorbidade) por meio de exames, receitas, relatório médico, prescrição médica.
Em relação ao cumprimento do esquema vacinal para as gestantes que já foram vacinadas com a primeira dose, orientações detalhadas serão emitidas em nota técnica pelo Programa Nacional de Imunizações.

Ainda, leia aqui a NOTA TÉCNICA Nº 1/2021-DAPES/SAPS/MS NT-vacinacao-gestantes-peurperas-e-lactantes.pdf (20 downloads) que trata das recomendações referentes a administração de vacinas covid-19 em gestantes, puérperas e lactantes, incluindo os esclarecimentos que devem ser fornecidos para tomada de decisão.


Pin It on Pinterest